terça-feira, 19 de abril de 2011

Papilomavírus Humano - HPV

O que é o Papilomavírus Humano

O HPV é um vírus comum que afeta tanto homens quanto mulheres. Existem mais de 100 tipos diferentes de HPV.  Certos tipos de HPV causam verrugas comuns nas mãos e nos pés. A maioria dos tipos de HPV não causa nenhum tipo de sintoma e desaparece sem tratamento.

Cerca de 30 tipos de HPV são conhecidos como HPV genitais porque eles afetam a área genital.  Alguns tipos provocam mudanças nas células do revestimento do colo do útero. Caso não sejam tratadas, estas células anormais podem se tornar células cancerosas. Outros tipos de HPV podem causar verrugas genitais e mudanças benignas (anormais, mas não cancerosas) no colo do útero.


Quem está suscetível a adquirir o HPV genital?


Qualquer pessoa que tenha qualquer tipo de atividade sexual envolvendo contato genital está sujeito a adquirir o HPV genital. É possível o contágio sem que haja relação sexual.  Como muitas pessoas portadoras do HPV não apresentam nenhum sinal ou sintoma, elas podem transmitir o vírus mesmo sem saber. 

O HPV é altamente contagioso; assim, é possível adquiri-lo com uma única exposição. Estima-se que muitas pessoas adquirem o HPV nos primeiros 2-3 anos de vida sexual ativa.  Dois terços das pessoas que tiveram contato sexual com um parceiro infectado vão desenvolver uma infecção pelo HPV no período de 3 meses, de acordo com a OMS.



Se o HPV não apresenta sinais ou sintomas, como vou saber que sou portador (a)?




Devido ao fato de que o HPV geralmente não apresenta nenhum sinal ou sintoma, você provavelmente não tem como saber que é portador(a).  A maioria das mulheres fica sabendo que tem o HPV por intermédio de um resultado anormal do exame de Papanicolau.  O exame de Papanicolau é parte de um exame ginecológico e ajuda na detecção de células anormais no revestimento do colo do útero. Os médicos executam o Papanicolau para detectar e tratar estas células cervicais anormais, antes que elas tenham possam se tornar pré-câncer ou câncer.  Muitas células anormais relacionadas com o HPV e com pré-cânceres podem ser tratadas com sucesso se forem detectadas precocemente.  Realmente, o câncer do colo do útero é um dos tipos de câncer mais fáceis de serem prevenidos.  Por isso é tão importante seguir as recomendações de seu médico a respeito do exame de Papanicolau.

Um outro teste, - o teste do DNA do HPV - está disponível para a detecção de certos tipos de HPV que podem causar o câncer do colo do útero. Os resultados deste teste podem ajudar os médicos a decidir se exames ou tratamentos complementares serão necessários.



Os homens também desenvolvem doenças associadas ao vírus?




Sim. Também nos homens as manifestações clínicas mais comuns são as verrugas genitais, causadas pelos subtipos 6 e 11 do vírus. Mas alguns tipos de HPV de alto risco, como o 16 e o 18, também causam câncer, como os de pênis e de ânus. Segundo a Dra. Luisa Lina Villa (CRB - 20.925/01-D)*, diretora do Instituto Ludwig de Pesquisa Sobre o Câncer e uma das maiores estudiosas do HPV no Brasil, a estimativa é de que a incidência do câncer de ânus seja de cerca de cinco casos por 100 mil homens por ano, contra 20 a 30 casos por 100 mil no câncer do colo do útero.



Quais as formas de prevenir a transmissão do HPV genital?




Não existe forma de prevenção 100% segura, já que o HPV pode ser transmitido até mesmo por meio de uma toalha ou outro objeto. Calcula-se que o uso da camisinha consiga barrar entre 70% e 80% das transmissões, e sua efetividade não é maior porque o vírus pode estar alojado em outro local, não necessariamente no pênis.


Vamos diminuir esta chance de contaminação? Camisinha nele!



13 comentários:

  1. vc sabe dizer se o bebê corre risco de contrair a doença, caso a grávida possua ?
    Gislley Vanyla aqui

    ResponderExcluir
  2. Durante a gestação, as chances de contração do vírus são maiores. o HPV não representa riscos à gravidez ou ao bebê, mas pode ser transmitido ao feto durante a gestação. "As chances do bebê ser contaminado existem e, normalmente, ocorrem em virtude da infecção do canal do parto no qual passará a criança ao nascer",. Quando isso ocorre, o HPV pode causar lesões na laringe do bebê, conhecidas como Papilomatose.
    Por esse motivo, ainda que o HPV não inviabilize o parto normal, quando a mãe apresenta lesões extensas que infectam o canal do parto, a cesariana é mais indicada. "O que ocorre é que está comprovado que os recém-nascidos de parto normal têm um risco maior de exposição ao HPV"

    ResponderExcluir
  3. Poxa, obrigada pelo esclarecimento .. aprendi direitinho

    ResponderExcluir
  4. vc sabe dizer se a parte psicologica ajuda na recuperação contra o virus?

    ResponderExcluir
  5. me diz se é isso mesmo: o virus pode aparecer em todos... e tipo assim, ele é inofensivo vamos assim dizer...tipo como uma gripe existe vc trata e sempre ela volta....? nao tem como eliminar definitivamente...?

    ResponderExcluir
  6. se eu tenho o meu marido tem tambem?o hpv

    ResponderExcluir
  7. e se eu queimar, fico liver de vez dessa doênça?

    ResponderExcluir
  8. nao, vc apenas trata as lesoes o virus nao se cura e se parar de manter contato com quem te transmite o virus é provavel q as lesoes nao aparecam novamnte

    ResponderExcluir
  9. meu ginecologista esta tratando com um tipo de ácido que queima isso tem cura estou gravida de 6 meses prejudica em alguma coisa descobri esses tempinho que estava com esse é condiloma

    ResponderExcluir
  10. no meu penes nasceu algumas bolinhas não sei se é HPV -PAPILOMA VÍRUS HUMANO os sitomas quais são como posso cura-me.

    ResponderExcluir
  11. no caso o doutor falou q eu tinha mais nao me tratei e nao tenho verugas na vagina mais se me toco internamente tenho pq

    ResponderExcluir
  12. no meu penis apareceu uma verruga ela vem crescendo

    ResponderExcluir
  13. แนะนำสมุนไพรช่วยยับยั้งทำลายเชื้อไวรัส HIV SLE หูดหงอนไก่ เริม ซิฟิลิส มะเร็ง เบาหวาน ริดสีดวง ภูมิแพ้ อัมพฤกษ์ งูสวัด สะเก็ตเงิน ปรึกษาได้ 0910272191 line yizshok

    ResponderExcluir